Wednesday, September 10, 2008

Uma pequena reflexão

Welcome to Sunday School
Welcome to Sunday School


Tenho o hábito de reflectir sobre tudo e mais alguma coisa. Não sei se é um bom ou mau hábito. Por vezes é bom mas noutras alturas, acho que devia pensar menos e agir mais.
Ontem, conversando com uma amiga, ela falava-me da importância de obrigarmos os nossos filhos a fazer coisas que eles não gostam ou não querem fazer.
Concordo com ela até certo ponto. Há realmente coisas em que temos de ser rígidos e temos de obrigar as crianças a fazer, quer elas queiram, quer não. Mas há outras que não. Verdades absolutas, só as da Bíblia. As nossas são sempre relativas. E o mundo dos adultos está cheio de exemplos (e eu sou um deles) de pessoas que foram obrigadas a fazer determinadas coisas (porque era assim que tinha de ser), não advindo daí qualquer vantagem ou crescimento.
Mas falávamos especificamente da Escola Dominical. Já aqui falei uma vez sobre este assunto. Inicialmente, a minha filha não queria ir e eu não obrigava pois tinha a teoria de que as crianças devem estar ao pé dos pais no culto, para aprenderem a participar no culto e para viverem este momento tão importante junto da família. Continuo a ter esta teoria mas reconheço que a Escola Dominical tem feito muito bem à minha filha e por isso a obrigo agora a ir, mesmo quando a vontade dela não é muita.
As vantagens de a minha filha frequentar a ED são realmente muitas mas durante estas férias descobri uma desvantagem. A Catarina, quando ia à igreja comigo, ficava sentada ao meu lado e não perturbava ninguém. Participava no louvor e, durante a pregação, ficava sossegada, embora por vezes fazendo desenhos num caderno. Estas férias teve de estar connosco no culto pois as actividades da ED estiveram encerradas. E raramente permaneceu sossegada ao nosso lado. Passou a maior parte do tempo a brincar com os outros meninos à porta da igreja.
Hoje começam os cultos de 4ª feira na nossa igreja e eu vou organizar-me para ir sempre, para que assim a Catarina possa ter um equilíbrio entre ED e culto.

No comments: