Monday, September 06, 2010

Alexandra Lencastre

Li uma entrevista com a Alexandra Lencastre, no Expresso desta semana, e as frases que mais me chamaram a atenção são provavelmente aquelas que menos interessam a quem a admira como actriz. Mas talvez porque me identifico com ela em algumas coisas, e porque admiro a coragem com que expõe as suas fragilidades, são essas que aqui quero colocar.

«Eu era uma criatura um bocado atormentada. No liceu, não era uma miúda popular. Não tinha muitos amigos. E aqueles que tinha eram sempre os nerds. Eu própria era um bocadinho nerd. Era muito boa aluna, mas não queria, porque quanto melhores notas tinha menos popular era. (...)
Vive atormentada?
Talvez seja uma pessoa ansiosa, nervosa. Sempre na tentativa de me organizar. Procuro muito disciplinar-me para viver com mais calma. Anseio por essa calma. Sim, sou atormentada. (...)
O que gostaria de mudar em si?
Bom..tudo! [risos] Nascer outra vez e ser outra pessoa. Ir ao encontro de uma determinada serenidade. Fazia-me falta ser mais paciente, saber aceitar. Sou verde nisso. Custa-me aceitar uma rejeição, uma má crítica, uma morte, um adeus. Gostaria de me domesticar um bocadinho mais, de me tornar melhor pessoa. Para mim e para os outros. Em primeiro lugar, para as minhas filhas. Sou uma mãe demasiado agitada. Transmito uma agitação que não me agrada.»

No comments: