Wednesday, August 27, 2008

O sono da Catarina (ou a falta dele)

Sleeping Girl with Doll
Sleeping Girl with Doll

Não preciso de convencer ninguém disto mas a verdade é que a Catarina é uma criança que sempre dormiu pouco. Sai ao pai ou à bisavó materna, digo eu. À mãe é que não sai! Mas quando eu fazia esta afirmação, havia sempre uns narizes torcidos e uns comentários do tipo «pois, pois, mas se ela se deitasse cedo...». E eu ainda tentava explicar que, quer ela se deite cedo, quer ela se deite tarde, dorme pouco. E lá ouvia novamente «está bem, está bem, mas se ela se deitasse cedo, dormia mais».
É verdade que a Catarina se deita mais vezes tarde do que cedo porque cá em casa todos se deitam tarde (uns mais que outros), e como a casa não é grande, basta um estar acordado para que os outros tenham dificuldade em adormecer. Mas também é verdade que nas muitas outras vezes em que a Catarina se deita cedo, ela dorme pouco. E os últimos dias têm sido exemplo disso. Como a casa está mais sossegada e fazemos tudo mais cedo por causa das duas meninas que cá temos este mês (até almoçamos às 11:30!!!), e ainda devido à dieta televisiva que estamos a fazer (escreverei sobre isso noutra altura), a Catarina tem adormecido pelas oito e meia, nove horas da noite. E eu apenas ligeiramente mais tarde. Acho fantástico vê-la a dormir tão cedo. O que eu não acho tão fantástico é vê-la levantar-se às cinco, cinco e meia, toda fresca e constantemente a interromper o meu precioso sono com «Mãe, acorda, vamos ver o sol a nascer», «Mãe, vamos ouvir música», «Mãe, já dei comida aos peixes», «Mãe, está um dia lindo» (mas qual dia se o sol ainda nem nasceu?).
Para aqueles que continuam a não acreditar em mim, faço um pequeno convite: venham passar uma destas noites cá a casa. Só ponho uma condição: que sejam vocês a ser acordados pela minha filha e que me deixem desfrutar do meu sono. Pelo menos até o sol nascer!

No comments: