Wednesday, July 09, 2008

Rotinas

É engraçado como somos todos tão diferentes. Há pessoas que odeiam rotinas. É o caso da minha mãe, que costuma dizer que a rotina a mata. Pois eu saí completamente ao contrário. Sou uma mulher de rotinas, de planos, de listas. Sem rotinas fico completamente desorientada, como um barco à deriva no mar. As rotinas dão-me segurança, confiança, ajudam-me a estabelecer prioridades. Mas sou bastante flexível. Sei que os dias trazem sempre consigo imprevistos. Umas vezes são grandes, outras vezes pequenos, mas há sempre imprevistos. Um telefonema que demora mais do que o previsto, uma visita inesperada mas que nos enche de alegria, um filho que adoece, e tantas mas tantas outras coisas.
Nestes dias que tenho passado em casa a recuperar da cirurgia, resolvi pôr as rotinas de lado e deixar o tempo correr. Mas ontem já estava a perder o rumo. Começo a querer fazer tudo ao mesmo tempo ou a não querer fazer nada. Preciso mesmo das minhas rotinas, mesmo que tenha de lhe fazer alterações todos os dias.

1 comment:

Carla said...

Mas faz bem as vezes sairmos das rotinas, o teu caso agora, ver as coisas de outro angulo, e outra perspectiva. Beijocas e espero que esteja tudo bem contigo.
Carla