Sunday, May 02, 2010

Contagem de bênçãos - Abril

E aqui estou eu novamente a fazer a minha contagem de bênçãos de Abril. Claro que fica sempre muito por referir mas penso que é um bom exercício. Se calhar, se me perguntassem assim de repente como foi o meu mês de Abril, eu diria logo que não foi bom. É verdade que houve coisas muito tristes, preocupações, mas embora eu pudesse falar sobre isso, hoje apenas quero falar das bênçãos. E foram muitas, claro:
  • A começar pela saúde, minha e da minha família.
  • A Páscoa. É sempre um excelente tempo de reflexão, sobre a graça maravilhosa de Cristo nas nossas vidas.
  • A viagem que fizemos entre Cernache do Bonjardim e Lisboa. Resolvemos desta vez não vir pela auto-estrada e foi um passeio tão bonito. Estava um belíssimo dia de Primavera e apreciar a paisagem é maravilhoso.
  • A minha orquídea, prenda do meu marido. Quem me conhece sabe que eu sou um desastre com as plantas. Gosto imenso delas, adorava ter a casa cheia de plantas mas eu mato tudo. Ou é falta de água, ou excesso de água, ou pouca luz, ou sol a mais... Eu sei lá o que é. Só sei que nada resiste nas minhas mãos. E então, na maior parte do tempo, não tenho plantas em casa. E acabei por perder a vontade de alguma vez me dedicar a elas. Mas agora estou tão entusiasmada a cuidar desta orquídea. Não sei quanto tempo vai durar mas pelo menos estou a apreciar cuidar de uma planta e voltei a ter esperança de um dia conseguir ter uma casa cheia de plantas lindas!!!
  • Os amigos. É tão bom ter amigos. Ainda outro dia vi no Facebook o grupo das pessoas que contam os bons amigos pelos dedos de uma mão. Pois a mim não me chegam os dedos das duas mãos. Se os amigos me desiludem? Claro que sim. São gente como eu. Eu também os desiludo. Mas é para isso que existe o perdão. Há vários tipos de amigos, diferentes graus de intimidade, uns que conhecemos há muito tempo, outros há pouco tempo, outros até que não conhecemos pessoalmente, mas todos tão especiais.
  • Encontrar pessoas das quais não temos notícias há tanto tempo e vê-las mais velhas, com filhos... É tão engraçado. E lembrar coisas do nosso passado. Recordar tempos especiais.
  • Os baptismos na nossa igreja. Que bom que foi ver irmãos meus a declararem publicamente o desejo de seguirem Jesus. Houve uma pessoa em especial que me encheu de alegria pois conheço-a melhor e sei a alegria que ela sentiu neste dia. E foi também tempo de recordar o meu baptismo, há 2 anos atrás.
  • Pessoas novas que conheci. Experiências, histórias diferentes. Uma oportunidade também de colocar de lado alguns preconceitos e de amar a todos de igual forma.
  • O módulo Missão Integral, da Escola de Plantadores de Igrejas, com o Pr. João Martins. Ouvir este pastor é sempre um privilégio imenso e aprendi tanto. Como é bom aprender...
  • As noites de ensino com a nossa Sarah Catarino, sobre dons espirituais, especialmente a última, porque infelizmente não consegui assistir à primeira na íntegra. Aprendi muito e fiquei com um desejo enorme de pôr de lado os receios e a vergonha e de me colocar à disposição de Deus para que Ele use os dons que colocar em mim.

Mais coisas há, certamente, mas fico por aqui agora. Entretanto, e como já estou a escrever no mês de Maio, não resisto a adiantar-me e a falar do dia de hoje. Que tempo maravilhoso na presença de Deus e com os meus irmãos! E várias pessoas entregaram a sua vida a Jesus. Que alegria tremenda!

1 comment:

Gi said...

As bençãos não têm fim...
Beijinhos e tem uma semana mto abençoada, Lara:)