Monday, July 08, 2013

Isaías 59:21

As promessas de Deus são maravilhosas!
«...o meu espírito que repousa sobre ti,
as minhas palavras que coloquei na tua boca,
não se afastarão da tua boca,
nem da boca dos teus filhos,
nem da boca dos teus netos.
Sou eu, o SENHOR, que o afirmo,
desde agora e para sempre.»

Sunday, July 07, 2013

Contagem de bênçãos - Junho

Ando sempre a fazer pausas, interrupções, o que quer que lhe queiramos chamar, no meu blogue. E depois volto cheia de energia. Mas essa energia por vezes não dura mais do que um ou dois dias! Quando ligava importância a essas coisas dos signos, dizia que é por ser Balança, balançando ora para cá, ora para lá! Mas com muita ou pouca energia, por um dia ou por mais, aqui estou novamente. E apeteceu-me retomar algo que eu costumava fazer. Não, a ideia não é minha, mas sempre que vejo boas ideias que posso adoptar, não perco tempo. E esta é uma boa ideia. Mais do que isso, é um bom exercício. A de contar as bênçãos. Mês a mês. Este não foi um mês extraordinário mas todos os dias temos sempre tanto a agradecer a Deus. E por vezes esquecemo-nos disso. Eu quero fazer este exercício. Não irei sempre falar de tudo. É impossível. Isso fica para as minhas conversas diárias com o Pai. Mas, por vezes, ao fazê-lo, dou por mim a lembrar algo a que na altura nem dei muita importância ou que até me esqueci de agradecer. Então vamos lá exercitar a memória (ui, o meu calcanhar de Aquiles!):
 
  • Descobrindo a Maturidade   
    Uma iniciativa da Igreja Reviver, que tem sido uma bênção. Não basta aceitarmos Jesus. Temos de crescer, amadurecer, ser a cada dia mais parecidos com Jesus
  • Ar condicionado. Falo tanto no ar condicionado, que já me gozam. Mas eu agradeço por ele todos os dias. E nestes dias, em que o calor tem sido demasiado, como eu me sinto agradecida. Por termos podido comprá-lo, por termos possibilidade de pagar a conta da electricidade. A vida nestes dias é muito mais fácil com um aparelho destes, especialmente quando se vive numa casa que é um autêntico forno.
  • A boa recuperação do meu marido, depois da cirurgia a que se submeteu.
  • O fim das aulas. Já não estudo mas quando chega a esta altura do ano, já estamos todos a precisar de férias. Pais e filhos.
  • A directora de turma da minha filha. Uma mulher maravilhosa, que tivemos o privilégio de conhecer numa altura difícil das nossas vidas. Uma excelente professora e que é como uma mãe para os seus alunos. E até mesmo para os pais.
  • Os Eléctricos. A banda onde toca o meu primo Nuno e que ainda conhecia mal. Assisti a dois concertos deles e fiquei fã. Comprei logo o CD e tem sido uma animação no nosso carro. E gostei de conhecer a vocalista, a Maria João, uma mulher simpática e muito divertida.
  • As melhoras do meu rosto. Depois de meses de incómodo e de comentários muito pouco simpáticos, estou praticamente bem mas ainda em tratamento. Eu sei que Deus fez um milagre e que usou um excelente médico, o Dr. João Maia e Silva. 
  • Oficinas de Música. Foi uma experiência muito boa. A minha filha queria aprender piano e, como havia coro no mesmo horário, inscrevi-me. Estou grata a Deus pela vida de todos os professores que dão do seu tempo e que partilham os seus dons. E tivemos a nossa audição este mês, que correu muito bem.  

  • O concerto de Maria Rita. Uma prenda de aniversário (bastante antes do tempo!) da minha filha, comprada com o dinheiro que ela vai ganhando nas suas vendas e serviços de manicura, entre outros. Gostei do gesto da filha e gostei do concerto. Nunca tinha ouvido cantar Maria Rita mas conhecia muitas das músicas que ela cantou, pois este concerto foi um tributo à sua mãe, Elis Regina.
  • Rever a minha grande amiga Alice Isabel. Somos amigas há muitos anos mas nos últimos anos, temos estado juntas poucas vezes. A amizade é algo maravilhoso e eu sou muito grata pelos muitos e bons amigos que tenho na minha vida.
  • O funeral do Pastor Alfredo Rosendo Machado. Talvez seja estranho estar grata por este acontecimento mas, embora não o tenha conhecido, fiquei maravilhada com os testemunhos que ouvi acerca deste grande homem de Deus. E é muito bom saber que alguém marcou desta forma a vida de tanta gente. Conheço a sua família, que é muito especial para mim.
Há mais, muito mais, mas hoje fico-me por aqui. Que possamos ter sempre o nosso coração cheio de gratidão.