Monday, November 29, 2010

Uma viagem ao passado






Recebi agora estas fotos tiradas há poucos dias. É do prédio onde vivemos em Joanesburgo, há 35 anos atrás! É uma emoção para mim ver estas fotos, pois tenho muitas memórias boas desses tempos.

Saturday, November 27, 2010

Há coisas que me irritam...

Tenho algo que não é grave, que até é frequente, e que se chama rosácea. Incomoda-me um bocadinho mas nada por aí além. Já aprendi a conviver com isto e sei que, embora os médicos digam que não tem cura, Deus pode curar se Ele quiser. Mas também sei que Ele pode não querer. E sei que há coisas bem piores. E também sei que, a esta altura da minha caminhada com Cristo, já não me devia incomodar, e muito menos irritar, não com a rosácea, mas com os comentários que as pessoas me fazem constantemente por causa da dita. Sempre que estou com a pele do meu rosto mais avermelhada, lá vêm os risinhos e os comentários sobre a bebida. Mesmo que a vermelhidão da minha pele se devesse à ingestão de bebidas alcoólicas, eu consideraria este tipo de comentários uma falta de educação e, quando vindos de crentes (que muitas vezes vêm), de uma total falta de compaixão, contrária à Palavra de Deus. Mas para mim que nem gosto de bebidas alcoólicas, tais comentários, para além de não fazerem sentido absolutamente nenhum, revelam falta de educação e irritam-me!!!

Thursday, November 25, 2010

HAPPY THANKSGIVING!!!!!

Have a wonderful day "and give thanks for everything to God the Father in the name of our Lord Jesus Christ" (Ephesians 5:20).

Monday, November 22, 2010

Não vos conformeis com este mundo

Os tempos são outros! Esta deve ser uma das frases que mais oiço neste tempo em que vivo e que é meu, mas que também é das crianças, dos jovens e daqueles que são mais velhos do que eu.

Que os tempos são outros já nós estamos fartos de saber. Esta é uma verdade de La Palisse, como me ensinou a minha avó, que já passou os 90 e que ainda é deste tempo, tal como também é de muitos outros tempos que já passaram, todos diferentes uns dos outros. Cada hoje é diferente do ontem e será certamente diferente do amanhã. E é assim desde que o tempo é tempo.

Tem-me preocupado um pouco ouvir esta expressão vinda da boca de muitos cristãos. Isto porque os anos vão passando mas há valores que não mudam. E nós, que cremos na Palavra de Deus, sabemos que ela não muda e permanecerá para sempre (Mateus 24:35).

Friday, November 19, 2010

Não me pediram publicidade mas eu divulgo!


A MATERNAR é uma rede de apoio comunitário sem fins lucrativos cuja missão é apoiar as mulheres e as suas famílias ao longo de todo o processo de maternidade, oferecendo suporte local e informação relevante.

Na MATERNAR acreditamos que escolhas informadas e confiança no processo proporcionam às famílias a oportunidade de vivenciar uma experiência plena e segura de maternidade.

Modernices...

Contaram-me que, numa entrevista de trabalho, o entrevistador fez comentários desagradáveis acerca de aspectos físicos dos entrevistados. Fiquei chocada mas parece que é prática comum e recomendada para avaliar se as pessoas têm capacidade para lidar com todo o tipo de público. Não sou realmente entendida em tais técnicas que provavelmente até são eficazes, mas sinto-me no direito de as achar, no mínimo, de um extremo mau gosto e falta de educação.

Não é fácil lidar com público difícil e decerto haverá algumas técnicas para tal, tal como também há pessoas mais capacitadas do que outras para o fazer. Mas perante o insulto do outro, e dependendo de uma série de circunstâncias, por vezes até a pessoa mais bem formada e treinada é capaz de aplicar um valente par de estalos a quem a ofendeu.

Não haverá outras técnicas também eficazes? Ofender o outro não me parece nunca uma coisa boa, ainda que o fim a atingir seja muito louvável.

Thursday, November 18, 2010

Thankful Thursday


It's the first time I join in with Thankful Thursday but I think it's a great idea. This year I'm also thinking about celebrating Thanksgiving with my family. I know it's not a Portuguese tradition but if «we» decided to start celebrating Halloween a few years ago (I don't), why don't we start celebrating Thanksgiving, which is a better tradition?

I am thankful for so many things but today I am especially thankful for a husband who loves me.

Incoerências...

Nós, mulheres, somos incoerentes quando não queremos ser submissas aos nossos maridos mas nos submetemos facilmente à vontade de um patrão.

Nós, mulheres, somos incoerentes quando pensamos que cuidar do nosso marido, dos nossos filhos e da nossa casa é um trabalho menor mas pagamos a outras mulheres para fazerem isso, mulheres essas que por sua vez têm também de pagar a outras mulheres para o fazer.

Nós, mulheres, somos incoerentes quando queremos fazer exactamente as mesmas coisas que os homens fazem e depois ficamos escandalizadas porque eles já não nos respeitam como antigamente, nem têm gestos de cavalheirismo para connosco.

Nós, mulheres, somos incoerentes quando recusamos ser consideradas o vaso mais frágil mas depois queremos que os homens nos protejam.

Nós, mulheres, somos incoerentes quando consideramos absurdo e indigno ter de depender financeiramente de um homem que por acaso também é nosso marido, mas consideramos normal e digno depender de um ou mais homens que por vezes nem conhecemos e que, muitas vezes, estão mais preocupados com o lucro das suas empresas do que connosco.

Wednesday, November 17, 2010

Enxoval

Ontem, enquanto lavava a loiça do almoço, liguei a pequenina televisão a preto e branco (é verdade, ainda temos uma!!!) que tenho na cozinha e estavam a entrevistar duas ou três senhoras com casamentos já longos. Falava-se sobre o enxoval de cada uma delas, algo que, dizia a reportagem, já caiu em desuso. Parece que sim, que caiu em desuso, mas é pena.

E porque não recuperar a tradição? Diz-se no futebol que em equipa que ganha não se mexe. E eu diria que as boas tradições nunca deviam passar de moda. Quando muito, poderiam ser reinventadas ou adaptadas aos nossos tempos.

Agora fazem-se listas de casamento (quando não se pede dinheiro), muitas vezes até online, com as coisas que os noivos querem receber, para evitar presentes que não são do seu agrado ou presentes repetidos. Mas esse é um assunto para outra mensagem!

Andei a pesquisar e descobri que a palavra enxoval vem do árabe as-suuar, que significa «dote» Os espanhóis têm uma palavra ainda mais próxima do árabe: ajuar. Pessoalmente gosto muito do termo inglês hope chest.

Gosto da tradição do enxoval. Há quem diga que não faz sentido fazer um enxoval como se fazia antigamente porque depois as filhas podem não gostar, porque agora já não se usam todos aqueles bordados e rendas. Tenho que discordar. Ainda se usa. Depende do gosto de cada um. Mas uma mãe conhece os gostos da sua filha e há muitas alternativas aos bordados e às rendas, para quem não gosta. E há sempre a possibilidade de se fazer o enxoval com a ajuda da filha, para que ela própria vá escolhendo os artigos que são do seu agrado.

Um enxoval é um bonito presente com o qual podemos abençoar as nossas filhas. É algo que podemos ir criando ao longo dos anos, com toques pessoais de amor, e também de acordo com a disponibilidade financeira que haja em cada fase das nossas vidas. E tenho a certeza de que as nossas filhas ficarão um dia muito felizes ao receberem este belo presente.

Ficam aqui algumas sugestões daquilo que pode fazer parte de um enxoval:
  • Roupa de cama
  • Toalhas de banho
  • Toalhas de mesa para o dia-a-dia e para ocasiões especiais
  • Panos da loiça
  • Aventais
  • 1 Bíblia
  • livros de receitas
  • receitas de família
  • bons livros cristãos
  • livros clássicos infantis
  • fotografias de família
  • artigos feitos pelas mães (toalhas bordadas, etc...)
  • e tantas, mas tantas outras coisas......

Tuesday, November 16, 2010

November

"November comes And November goes,

With the last red berries And the first white snows.

With night coming early, And dawn coming late,

And ice in the bucket And frost by the gate.

The fires burn And the kettles sing,

And earth sinks to rest Until next spring."

~

Elizabeth Coatsworth

Monday, November 15, 2010


“Não vos esqueçais da hospitalidade, porque por ela alguns, sem o saberem, hospedaram anjos.” Hebreus 13:2

«Se vens para me ver, aparece quando quiseres. Se vens para ver a minha casa, telefona primeiro.»
Li esta frase algures e achei o máximo! A nossa família gosta de praticar a hospitalidade. É algo que já nasceu connosco mas, sabendo que é da vontade de Deus que sejamos hospitaleiros, ainda sentimos uma alegria maior.
Conheço algumas pessoas que muitas vezes não recebem pessoas em casa porque a casa não está limpa, está desarrumada, é pobre, mal decorada, etc. Quase todos nós, e em especial as mulheres, gostamos de receber bem, de apresentar uma casa bonita, arrumada e limpa. E eu não sou excepção. Mas as nossas casas têm vida. E tal como nós, uns dias estão com melhor cara e outros nem por isso. Por esta razão ou por aquela. Não importa. O que importa é que isso não nos deveria impedir de praticar a hospitalidade. Quando vamos a casa de alguém, ou quando recebemos alguém na nossa casa, o que importa são as pessoas, as vidas. E para estarmos uns com os outros não precisamos de uma casa arrumada e bem decorada. Precisamos de amor.

Sunday, November 14, 2010

Vamos ajudar a Missão Sorriso...

...e divertirmo-nos a cantar com as nossas crianças!

Já está à venda o novo CD da Leopoldina. Hoje fui ao Continente e foi a minha filha que me lembrou que estava na altura de ajudarmos a Missão Sorriso. Não custa nada (são apenas 3 euros) e faz a diferença na vida de muitas crianças. Este CD tem vários clássicos infantis reinterpretadas por cantores e bandas portuguesas, como Ana Moura, Deolinda, Xutos e Pontapés, entre outros. Estas novas versões estão muito engraçadas. Eu e a Catarina temos estado divertidíssimas a cantar as músicas, especialmente O carro do meu chefe, que eu falhei em ensinar!!

Saturday, November 13, 2010

Prayer / Oração

Globalising Prayer - Transforming Our World - http://www.ipcprayer.org/index.cfm
Royal Kids - Crianças Intercessoras - http://criancasintercessoras.blogspot.com/

Friday, November 12, 2010

Home, Sweet Home


«The home is a place where memories are made, meals are shared, truths are learned, stories are told, and lives are formed and defined.» Stacy McDonald

From Passionate Housewives Desperate for God

«Well-meaning people have said that, in our day, we just can't expect all mothers to be at home full-time. I've been told (me too!) that I'm "lucky" to have a husband who makes it possible for me to stay home. I have to wonder how such thinking got a foothold only a few generations after large families were the norm and when the majority of mothers stayed home. What "ideal world" do we imagine existed when God gave His commands for husbands, wives, and families?» Jennie Chancey

Thursday, November 11, 2010

Passionate Housewives Desperate for God

Once or twice a year I like to order online some books I've been planning to read but which I cannot find here in Portugal. I've just received my new books and started reading this one. I already knew the authors' blogs and I've read Raising Maidens of Virtue, by Stacy McDonald, also a very good book.
I haven't finished my reading yet but I highly recommend this wonderful book. These women are such an inspiration! Thank you Jennie and Stacy!
Passionate Housewives Desperate for God

Wednesday, November 10, 2010

Being strong...

«You never know how strong you are
until being strong
is the only choice you have»
I read this at Heather's blog and decided to post it here. Heather surely knows much more than I what this means but I totally agree with her.

Para uma querida amiga...

«Eis que os filhos são herança do SENHOR, e o fruto do ventre o seu galardão.» (Salmos 127:3)

Ainda me lembro do dia em que soube que estava grávida. Senti uma felicidade tão grande que é impossível descrever. E a gravidez foi um tempo tão bom, tão bonito, em que sentia uma alegria constante, mesmo com alguns incómodos físicos que são normais. Tive a felicidade de ter uma gravidez fácil e um parto também fácil. Mas nem todas as gravidezes e nem todos os partos são fáceis. A vida é mesmo assim. Desejamos que as circunstâncias sejam fáceis mas nem sempre é assim. Por vezes não entendemos. Mas sabemos que há uma razão, que só Deus conhece. E isso nos basta.

Uma gravidez mais difícil, que obriga a futura mamã a descansar muito e a fazer muito pouco, não é aquilo que toda a mulher deseja, mas pode ser um tempo precioso para que Deus trabalhe na vida, não apenas da futura mãe, mas de todas as pessoas que estão à sua volta. Por vezes as circunstâncias da vida trazem estes tempos que nós dizemos mais parados, habituados que estamos aos inúmeros afazeres do dia-a-dia. Mas Deus nunca está parado. Ele usa cada minuto desse nosso tempo «parado» para trabalhar nas nossas vidas.

Tempos como estes são certamente tempos de percebermos que não somos nós que controlamos as nossas vidas. São tempos de nos entregarmos totalmente nas mãos de Deus, de confiarmos, de fortalecermos a nossa fé.

Amiga, estou contigo em oração e ansiosa por ver o milagre que Deus já fez, mesmo que nós ainda não o consigamos ver.

Sunday, November 07, 2010

1 Peter 3:7

"Husbands, in the same way be considerate as you live with your wives, and treat them with respect as the weaker partner and as heirs with you of the gracious gift of life, so that nothing will hinder your prayers."

A mother's love

A Mother's Love is Just a Sample of God's Love for Us All Impressão giclée na AllPosters.pt