Saturday, September 27, 2008

Friday, September 26, 2008

FIREPROOF

Estou ansiosa para que este filme chegue a Portugal. Vai valer a pena.


Sossegarei

M.A., esta música é para ti amiga.
Costumamos cantá-la na igreja, é linda. Sossega nos braços do Pai.

Quero estar escondido em Ti
Estou seguro na tua forte mão
Se o mar se levanta e o trovão ruge
Seguro em Ti estou na tempestade
Pai no temporal Tu és o Rei
Sossegarei pois sei que és Deus
Descansarei em Cristo só
Confiarei na Paz do Teu Poder
Se o mar se levanta e o trovão ruge
Seguro em Ti estou na tempestade
Pai no temporal Tu és o Rei
Sossegarei pois sei que és Deus

Para a minha querida M.A.

Silent Sorrow by Walter Langley
Silent Sorrow


Querida amiga,
Estás a passar por tempos muito difíceis mas sei que Deus te vai ajudar a sair de tudo isso.
Estou a orar por ti. Amo-te muito e estou aqui para o que precisares.

Thursday, September 25, 2008

Who is your man?




I found this at Sandra's blog and thought it was fun to do.

1. Who is your man?
My husband is João, he works in the area of thermography at the Portuguese Electric Company. He talks a lot, he is a lover of soccer, a TV-watcher, a man that loves his family and who is always involved in some kind of social work.

2. How long have you been together?
11 years.

3. How long dated?
We have been together since 1997 but only got married this year.

4. How old is your man?
He is 47 years old.

5. Who eats more?
He does but there's days I completely overdo it.

6. Who said "I love you" first?
He did.

7. Who is taller?
I am.

8. Who sings better?
Well, I think we both sing quite well but maybe someone else can confirm this. LOL

9. Who is smarter?
My answer would be exactly the same as Laura's: «Book smarts it's definitely me. I read voraciously and have gathered a lot of that type of knowledge from it. But when it comes to common sense, the mechanics and workings of any item on the planet, finances, and the more useful types of knowledge, it's definitely him. So we balance well. He makes all the life altering decisions and I answer all the game show questions.»

10. Whose temper is worse?
I don’t think any of us is bad-tempered.

11. Who does the laundry?
I do.

12. Who takes out the garbage?
I do.

13. Who sleeps on the right side of the bed?
That depends. I don’t like to sleep always on the same side of the bed and João sometimes falls asleep in the couch while watching TV. So he doesn’t even get to bed. LOL

14. Who pays the bills?
I do.

15. Who is better with the computer?
I am. But he’s quite good as well. LOL

16. Who mows the lawn?
No lawn to mow!!!

17. Who cooks dinner?
I do.

18. Who drives when you are together?
He does. I don’t drive.

19. Who pays when you go out?
Whoever has the money or the debit card at hand.

20. Who is most stubborn?
Definitely me. But I’m much better. Well, I think I am!!!

21. Who is the first to admit when they are wrong?
It’s probably him but I don’t know if I want to admit that. LOL

22. Whose parents do you see the most?
I see my Mom quite often because she lives nearby. We don’t get to see my Dad and stepmother so often because he lives some 260 km away. His parents live 200 km from here but we spend a lot of time together.

23. Who kissed who first?
He kissed me first.

24. Who asked who out?
He asked me out.

25. Who proposed?
He did.

26. Who is the most sensitive?
Definitely me.

27. Who has more friends?
I do. He knows a lot more people than I do but doesn’t have many close friends.

28. Who has more siblings?
I do. I have one brother and one sister and João is an only child.

29. Who wears the pants in the family?
He does but sometimes he says I do!!!

30. How did you meet?
We met at a political meeting. I must say I hate politics. LOL What was I doing there then? I’ll tell you one day.

It was fun doing this and if you want to join in, please let me know because I’m very curious!!!

Côte d'Azur

My Mom has been to Côte d'Azur. Très chique!!! Here are some photos. I'll post more when she sends me.


Have I told you that I don't like hot weather?

Home Air Conditioning Unit
Home Air Conditioning Unit

(My air conditioning unit is much more modern lol)

Yes, I know I have!!! But I'm going to say it once more. I don't like hot weather. Autumn has arrived in the calendar and though we have some cooler days every now and then, this summer hasn't been very hot (what a blessing!), I'm longing for cooler days. It is not too hot outside but my house is very hot and I'm totally addicted to my A/C. Did I say addicted? I did. I don't like the idea of being addicted to anything but I'm addicted to it. When I turn my A/C on, I immediately feel more energetical. Sometimes I try to keep it off for economical and environmental reasons, but my energy levels just go down and down and I feel exhausted even if I'm just lying on my couch.
I can't believe I have an entire post on A/C. LOL I told you that my blog is about everything that comes into my mind (well, not everything!!) and that is not always very spiritual

Silêncio

No culto de ontem à tarde, a nossa querida irmã Betânia pregou e eu nunca a tinha ouvido. Conheço-a mal, só de cumprimentar e de sentar perto dela na igreja. Mas gostei tanto de a ouvir. Muito doce e cheia do Espírito de Deus. Vou tentar resumir um pouco daquilo que ela falou.
Salmo 77
1CLAMEI a Deus com a minha voz, a Deus levantei a minha voz, e ele inclinou para mim os ouvidos.
2No dia da minha angústia busquei ao Senhor; a minha mão se estendeu de noite, e não cessava; a minha alma recusava ser consolada.
3Lembrava-me de Deus, e me perturbei; queixava-me, e o meu espírito desfalecia. (Selá.)
4Sustentaste os meus olhos acordados; estou tão perturbado que não posso falar.
5Considerava os dias da antiguidade, os anos dos tempos antigos.
6De noite chamei à lembrança o meu cântico; meditei em meu coração, e o meu espírito esquadrinhou.
7Rejeitará o Senhor para sempre e não tornará a ser favorável?
8Cessou para sempre a sua benignidade? Acabou-se já a promessa de geração em geração?
9Esqueceu-se Deus de ter misericórdia? Ou encerrou ele as suas misericórdias na sua ira? (Selá.)
10E eu disse: Isto é enfermidade minha; mas eu me lembrarei dos anos da destra do Altíssimo.
11Eu me lembrarei das obras do SENHOR; certamente que eu me lembrarei das tuas maravilhas da antiguidade.
12Meditarei também em todas as tuas obras, e falarei dos teus feitos.
13O teu caminho, ó Deus, está no santuário. Quem é Deus tão grande como o nosso Deus?
14Tu és o Deus que fazes maravilhas; tu fizeste notória a tua força entre os povos.
15Com o teu braço remiste o teu povo, os filhos de Jacó e de José. (Selá.)
16As águas te viram, ó Deus, as águas te viram, e tremeram; os abismos também se abalaram.
17As nuvens lançaram água, os céus deram um som; as tuas flechas correram duma para outra parte.
18A voz do teu trovão estava no céu; os relâmpagos iluminaram o mundo; a terra se abalou e tremeu.
19O teu caminho é no mar, e as tuas veredas nas águas grandes, e os teus passos não são conhecidos.
20Guiaste o teu povo, como a um rebanho, pela mão de Moisés e de Arão.
Asafe foi honesto com Deus. Ele já não tinha forças para estar com Deus. Olhava tanto para o seu problema que não tinha já forças para pedir nada a Deus. Isto também acontece muitas vezes connosco. Mas nós não somos honestos com Deus, não fazemos uma confissão sincera daquilo que estamos a sentir e a sofrer. Nós podemos ser honestos com Deus porque Ele conhece todas as coisas, sabe o que estamos a passar e nunca nos vai desamparar.
Nos versículos 7 a 9, Asafe faz várias perguntas sinceras a Deus e Deus quer que sejamos honestos com ele também.
Temos sido gratos por aquilo que Deus já nos deu? Será que a graça de Deus no basta?
Nos versículos 10 a 12, Asafe reflecte sobre o seu passado. Quando as coisas não correm bem, elas adquirem uma dimensão tão grande na nossa vida que nos esquecemos daquilo que Deus já fez.
É muito difícil estar no silêncio de Deus mas Deus diz para descansarmos a nossa alma n'Ele. Às vezes pensamos que, se chegarmos a Deus da forma como realmente estamos, Ele nos vai destruir e não vai ter misericórdia. Mas a misericórdia de Deus é grande e renova-se a cada manhã.
«Quem há entre vós que tema ao SENHOR e ouça a voz do seu servo? Quando andar em trevas, e não tiver luz nenhuma, confie no nome do SENHOR, e firme-se sobre o seu Deus.» Isaías 50:10
Será que temos deixado Deus agir na nossa vida?
Asafe começa este salmo com uma dor profunda, mas quando se apresenta com sinceridade a Deus, a alegria vem. E ele começa a louvar a Deus. Muitas vezes Deus permite que a dor venha à nossa vida para que possamos chegar-nos a Ele e lembrar aquilo que Ele já fez. Deus quer que sejamos pessoas geradoras de fé.
Apesar de tudo o que possamos estar a passar, Deus continua a ser bom, justo e fiel. Coloquemos então diante de Deus aquilo que está a ser empecilho para que cresçamos.

Insaciável

Insaciável - Preciso de Ti - Diante do Trono
Composição: Ana Paula Valadão

Desde que te encontrei nunca mais fui o mesmo
Em tudo mais que procurei só achei desilusão (2x)

Mas em ti descobri o sentido da vida
Perdão e a paz que sarou minhas feridas
Nada neste mundo me satisfaz
Te quero mais e mais

Sou insaciável na minha busca por ti
Desesperadamente te quero mais e mais
Não posso passar nem um dia sequer
Sem viver o teu amor
Sou insaciável
Apaixonado por ti meu Jesus

Te amo mais e mais
Te quero mais e mais
Te adoro mais e mais
Te espero mais e mais
Te amo mais e mais
Te quero mais e mais
Te adoro mais e mais
Te espero mais e mais
Te amo mais e mais
Te quero mais e mais
Te adoro mais e mais
Te espero mais e mais

Sou insaciável na minha busca por ti
Desesperadamente te quero mais e mais
Não posso passar nem um dia sequer
Sem viver o teu amor
Sou insaciável
Apaixonado por ti meu Jesus

Esta música reflecte bem aquilo que sinto actualmente.
Estava a ouvi-la há pouco e a Catarina teve um súbito ataque de saudades da Chiara (como é possível??? A pobrezinha nem a quer ver à frente), da Carla e do Brasil. E por falar em saudades do Brasil, tenho sentido tantas ultimamente. Será sinal de alguma coisa???

Tuesday, September 23, 2008

Have you ever?

I saw this at Mari's blog and decided to do it too. There are 200 things on the list and the things that are highlighted are the things I have done.
Have you ever:
1. Touched an iceberg
2. Slept under the stars
3. Been a part of a hockey fight
4. Changed a baby's diaper
5. Watched a meteor shower
6. Given more than you can afford to charity
7. Swam with wild dolphins
8. Climbed a mountain
9. Held a tarantula
10. Said "I love you" and meant it
11. Bungee jumped
12. Visited Paris
13. Watched a lightning storm at sea
14. Stayed up all night long and watched the sun rise
15. Seen the Northern Lights
16. Gone to a huge sports game
17. Walked the stairs to the top of the Statue of Liberty
18. Grown and eaten your own vegetables
19. Looked up at the night sky through a telescope
20. Had an uncontrollable giggling fit at the worst possible moment
21. Had a pillow fight
22. Bet on a winning horse
23. Taken a sick day when you're not ill
24. Built a snow fort
25. Held a lamb
26. Gone skinny dipping
27. Taken an ice cold bath
28. Had a meaningful conversation with a beggar
29. Seen a total eclipse
30. Ridden a roller coaster
31. Hit a home run
32. Danced like a fool and not cared who was looking
33. Adopted an accent for fun
34. Visited the birthplace of your ancestors
35. Felt very happy about your life, even for just a moment
36. Loved your job 90% of the time
37. Had enough money to be truly satisfied
38. Watched wild whales
39. Gone rock climbing
40. Gone on a midnight walk on the beach
41. Gone sky diving
42. Visited Ireland
43. Ever bought a stranger a meal at a restaurant
44. Visited India
45. Bench-pressed your own weight
46. Milked a cow
47. Alphabetized your personal files
48. Ever worn a superhero costume
49. Sung karaoke
50. Lounged around in bed all day
51. Gone scuba diving
52. Kissed in the rain
53. Played in the mud
54. Gone to a drive-in theater
55. Done something you should regret, but don't
56. Visited the Great Wall of China
57. Started a business
58. Taken a martial arts class
59. Been in a movie
60. Gone without food for 3 days
61. Made cookies from scratch
62. Won first prize in a costume contest
63. Got flowers for no reason
64. Been in a combat zone
65. Spoken more than one language fluently
66. Gotten into a fight while attempting to defend someone - verbal not physical
67. Bounced a check
68. Read - and understood - your credit report
69. Recently bought and played with a favorite childhood toy
70. Found out something significant that your ancestors did
71. Called or written your Congress person
72. Picked up and moved to another city to just start over
73. Walked the Golden Gate Bridge
74. Helped an animal give birth
75. Been fired or laid off from a job
76. Won money
77. Broken a bone
78. Ridden a motorcycle
79. Driven any land vehicle at a speed of greater than 100 mph
80. Hiked to the bottom of the Grand Canyon
81. Slept through an entire flight: takeoff, flight, and landing
82. Taken a canoe trip that lasted more than 2 days
83. Eaten sushi
84. Had your picture in the newspaper
85. Read The Bible cover to cover
86. Changed someones mind about something you care deeply about
87. Gotten someone fired for their actions
88. Gone back to school
89. Changed your name
90. Caught a fly in the air with your bare hands
91. Eaten fried green tomatoes
92. Read The Iliad
93. Taught yourself an art from scratch
94. Killed and prepared an animal for eating
95. Apologized to someone years after inflicting the hurt
96. Communicated with someone without sharing a common spoken language
97. Been elected to public office
98. Thought to yourself that you're living your dream
99. Had to put someone you love into hospice care
100. Sold your own artwork to someone who didn't know you
101. Had a booth at a street fair
102. Dyed your hair
103. Been a DJ
104. Rocked a baby to sleep
105. Ever dropped a cat from a high place to see if it really lands on all four
106. Raked your carpet
107. Brought out the best in people
108. Brought out the worst in people
109. Worn a mood ring
110. Ridden a horse
111. Carved an animal from a piece of wood or bar of soap
112. Cooked a dish where four people asked for the recipe.
113. Buried a child
114. Gone to a Broadway (or equivalent to your country) play
115. Been inside the pyramids
116. Shot a basketball into a basket
117. Danced at a disco
118. Played in a band
119. Shot a bird
120. Gone to an arboretum
121. Tutored someone
122. Ridden a train
123. Brought an old fad back into style
124. Eaten caviar
125. Let a salesman talk you into something you didn’t need
126. Ridden a giraffe or elephant
127. Published a book
128. Pieced a quilt- (a very small one!)
129. Lived in a historic place
130. Acted in a play or performed on a stage
131. Asked for a raise
132. Made a hole-in-one
133. Gone deep sea fishing
134. Gone roller skating
135. Ran a marathon
136. Learned to surf
137. Invented something
138. Flown first class
139. Spent the night in a 5-star luxury suite
140. Flown in a helicopter
141. Visited Africa
142. Sang a solo
143. Gone spelunking
144. Learned how to take a compliment
145. Written a love-story
146. Seen Michelangelo’s David
147. Had your portrait painted
148. Written a fan letter
149. Spent the night in something haunted
150. Owned a St. Bernard or Great Dane
151. Ran away
152. Learned to juggle
153. Been a boss
154. Sat on a jury
155. Lied about your weight
156. Gone on a diet
157. Found an arrowhead or a gold nugget
158. Written a poem
159. Carried your lunch in a lunch box
160. Gotten food poisoning
161. Gone on a service, humanitarian or religious mission
162. Hiked the Grand Canyon
163. Sat on a park bench and fed the ducks
164. Gone to the opera
165. Gotten a letter from someone famous
166. Worn knickers
167. Ridden in a limousine
168. Attended the Olympics
169. Can hula or waltz
170. Read a half dozen Nancy Drew or Hardy Boys books
171. Been stuck in an elevator
172. Had a revelatory dream
173. Thought you might crash in an airplane
174. Had a song dedicated to you on the radio or at a concert
175. Saved someone’s life
176. Eaten raw whale
177. Know how to tat, smock or do needlepoint
178. Laughed till your side hurt
179. Straddled the equator
180. Taken a photograph of something other than people that is worth framing
181. Gone to a Shakespeare Festival
182. Sent a message in a bottle
183. Spent the night in a hostel
184. Been a cashier
185. Seen Old Faithful geyser erupt
186. Joined a union
187. Donated blood or plasma
188. Built a camp fire
189. Kept a blog
190. Had hives
191. Worn custom made shoes or boots
192. Made a PowerPoint presentation
193. Taken a Hunter’s Safety Course
194. Served at a soup kitchen
195. Conquered the Rubik’s cube
196. Know CPR
197. Ridden in or owned a convertible
198. Found a long lost friend
199. Helped solve a crime
200. Responded to a NJP newsletter

Texto de João Pereira Coutinho

Enviaram-me este texto, que por acaso eu até já conhcia, mas resolvi colocá-lo aqui. Está interessante apesar de eu não concordar com tudo.
Não tenho filhos e tremo só de pensar. Os exemplos que vejo em volta nãoaconselham temeridades. Hordas de amigos constituem as respectivas proles e,apesar da benesse, não levam vidas descansadas. Pelo contrário: estãoinvariavelmente mergulhados numa angústia e numa ansiedade de contornosparticularmente patológicos. Percebo porquê. Há cem ou duzentos anos, a vidadependia do berço, da posição social e da fortuna familiar. Hoje, não. Acriança nasce, não numa família mas numa pista de atletismo, com asbarreiras da praxe: jardim-escola aos três, natação aos quatro, lições depiano aos cinco, escola aos seis, e um exército de professores,explicadores, educadores e psicólogos, como se a criança fosse um potro decompetição.
Eis a ideologia criminosa que se instalou definitivamente nas sociedadesmodernas: a vida não é para ser vivida, mas construída com sucessos pessoaise profissionais, uns atrás dos outros, em progressão geométrica para oinfinito. É preciso o emprego de sonho, a casa de sonho, o maridinho desonho, os amigos de sonho, as férias de sonho, os restaurantes de sonho.
Não admira que, até 2020, um terço da população mundial esteja a mamar forteno Prozac. É a velha história da cenoura e do burro: quanto mais temos, maisqueremos. Quanto mais queremos, mais desesperamos. A meritocracia gera umainsatisfação insaciável que acabará por arrasar o mais leve traço dehumanidade. O que não deixa de ser uma lástima.
Se as pessoas voltassem a ler os clássicos, sobretudo Montaigne, saberiamque o fim último da vida não é a excelência, mas sim a felicidade!

Monday, September 22, 2008

Writing letters

Card from Bee Hive Book Store
Card from Bee Hive Book Store
I've always loved writing letters. I used to write a lot of them to my family and friends and I even had some pen friends so that I could have more letters to write. One of those pen friends became one of my best friends. Eighteen years ago I spent a year in England and wrote letters and cards to everyone I knew. But I also received tons of letters and I still have some of them. I was an au pair, living with an adorable English family (we still write letters and cards to each other) and they were amazed to see how many letters I used to receive every week. My Granny wrote me twice a week. I always had a letter from her every Wednesday and Saturday. I also remember, not so long ago, that one of my daily pleasures was the anticipation of going to my mailbox each day to see if I had a letter. And what a joy it is to receive a personal letter. But nowadays we rarely receive personal letters. I still like going to my mailbox every day but usually I find nothing more than bills, credit card offers, sales brochures and other uninteresting things. During Christmas, some people still send the obligatory greetings but during the rest of the year, we don't usually use postal contact. Phones and emails have replaced letter-writting. I know that phones and especially emails are an excellent and less expensive way of keeping in touch with our family and friends. But I miss the letters in my mailbox. And even ifI don't get any, I have decided that I will start writing letters again and I'll try to do it regularly, as I used to do a few years ago. It is more expensive but it doesn' cost a fortune. It takes time but it's well worth it. It is a very good way of showing that you care and you love someone and it is wonderful to have something in the post to look forward to. I've started today. I wrote a letter and made a birthday card for my Dad. But I'm going to send much more letters and I'm looking forward to start writing them.

Prémio


Recebi este miminho da Carla. Obrigada minha querida. Acho que temos de passar o prémio a outros 15 blogues. Eu envio para todos aqueles que encontram aqui do lado direito pois são os meus blogues de eleição.

Autumn



I love Autumn. And today, though I have never been a creative person, I decided to «make» this Autumn centerpiece for our living/dining room. It is very simple but I like it. The photo is also not very good. Sorry!

Sunday, September 21, 2008

Não vás aonde te leva o coração

Tree Against Sky with Heart Shaped Cloud by Henryk T. Kaiser
Tree Against Sky with Heart Shaped Cloud


O título é meu. O oposto do famoso livro, lembram-se? Na altura também o li e achei que tinha de ir sempre aonde o coração me levasse.
Mas aquilo que vou escrever a seguir é um resumo da pregação de hoje do nosso Pastor Tito.
Comecem por ler o que diz Jeremias 17.
O nosso coração é muitas vezes enganoso. Julgamos, atribuímos intenções ao coração dos outros. Porque será que não suspeitamos o bem?
Hoje em dia, vemos pessoas e igrejas a seguirem o coração.
1 Coríntios:13 - Deus colocou o amor em nós, amor que não é fruto de um coração enganoso mas de um coração transformado. Temos de fazer como diz o salmista: «Sonda o meu coração...»
«Eu não me envergonho do Evangelho, pois ele é poder de Deus para a salvação de todo o crente, primeiro o judeu e depois o grego.» Romanos 1:16
É o evangelho que transforma a nossa vida. Muitas vezes buscamos um evangelho só para resolver a nossa vida aqui neste mundo. A mensagem do evangelho é uma mensagem de negação, de humildade, de obediência. Mas muitos hoje apresentam um evangelho de facilidade.
Fé tem mais a ver com conhecimento de Deus do que com confiança. Muitas vezes não conseguimos confiar mais porque não conhecemos Deus.
«Vela com todo o cuidado sobre o teu coração, porque dele jorram as fontes da vida.» Provérbios 4:23
Não guardemos o nosso coração enganoso mas o coração transformado pelo poder do Evangelho. Muita gente guarda conhecimento, comida, dinheiro, etc., mas aquilo que temos de guardar é um coração rendido a Deus. Virá uma altura em que, perante as circunstâncias, vamos precisar desse coração transformado. Nós somos maus em nós mesmos e se não for a graça de Deus, se não nos humilharmos perante Deus, tudo vai ser mais difícil.
Deus não se atrasa, demora-se. E pode demorar-se porque Ele sabe todas as coisas.
O Evangelho é o poder de Deus para transformar o Homem. Aquilo que nos sustenta é a misericórdia e a graça de Deus. Insistimos em ir atrás da benção quando Deus já nos deus todas as bençãos.
Espiritualizamos as coisas materiais em vez de materializarmos as coisas espirituais. Temos de estar gratos pelo muito que já temos. Muitas vezes deixamo-nos corromper pelo nosso coração enganoso. Devemos colocar aquilo que já temos ao serviço dos outros, em vez de querermos ter mais para depois fazer alguma coisa.
Quem é o senhor da nossa vida?
O falso evangelho que diz que, se nós não temos é porque nos falta qualquer coisa, leva a um vazio.
«E é exactamente nisto que ponho a minha confiança: aquele que em vós deu início a uma boa obra há-de levá-la ao fim, até ao dia de Cristo Jesus.» Filipenses 1:6
Deus está a aperfeiçoar-nos. Há muita coisa que nós ainda não temos, que nós ainda não entendemos, mas prosseguimos o nosso caminho.
Deus escolheu amar-nos e ama-nos. É tão simples quanto isto. Andamos à procura de tanta coisa mas aquilo que queremos é amar e ser amados. E, neste mundo, só podemos encontrar isso no evangelho de Jesus Cristo.
Muitas vezes gastamos o nosso tempo e recursos naquilo que não é pão. E não gastamos naquilo que verdadeiramente nos alimenta: o evangelho de Jesus Cristo. Temos de nos dispor a amar e a servir.
«Não que já o tenha alcançado ou já seja perfeito; mas corro, para ver se o alcanço, já que fui alcançado por Cristo Jesus.» Filipenses 3:12
Rendamos diariamente o nosso coração ao Senhor pois diariamente o nosso coração se corrompe.

Dear Mom

I Love You Mom III by Layman & Shotwell
I Love You Mom III


I found this picture and I had to dedicate it to you. I Love you Mom

Thursday, September 18, 2008

Let us be doers / Sejamos praticantes

The Bible: Still Life by Vincent van Gogh
The Bible: Still Life


23For if any be a hearer of the word, and not a doer, he is like unto a man beholding his natural face in a glass:
24For he beholdeth himself, and goeth his way, and straightway forgetteth what manner of man he was.
25But whoso looketh into the perfect law of liberty, and continueth therein, he being not a forgetful hearer, but a doer of the work, this man shall be blessed in his deed.
James 1:23-25
Last Tuesday, Pastor Tito reminded us of the importance of doing what God tells us to do in His Word. We're always saying that we want to learn more, that we want to know better the Word of God (I say the same but I know I still have a lot to learn) but sometimes we already know many things. We just don't do what is written there. Let us be doers and not only hearers of the Word.
23Porque, quem se contenta com ouvir a palavra, sem a pôr em prática, assemelha-se a alguém que contempla a sua fisionomia num espelho; 24mal acaba de se contemplar, sai dali e esquece-se de como era. 25Aquele, porém, que medita com atenção a lei perfeita, a lei da liberdade, e nela persevera - não como quem a ouve e logo se esquece, mas como quem a cumpre - esse encontrará a felicidade ao pô-la em prática. Tiago 1:23-25
Na terça-feira, o nosso Pastor Tito lembrou-nos como é importante fazermos aquilo qu eDeus nos diz para fazer na Sua Palavra. Estamos sempre a dizer que queremos aprender mais, que queremos conhecer melhor a Palavra de Deus (eu digo o mesmo mas a verdade é que também ainda tenho muito para aprender) mas por vezes já sabemos bastante. Só não colocamos em prática. Sejamos então praticantes e não somente ouvintes da Palavra.

Tuesday, September 16, 2008

Do not worry

In God We Trust by Kim Klassen
In God We Trust

25"Therefore I tell you, do not worry about your life, what you will eat or drink; or about your body, what you will wear. Is not life more important than food, and the body more important than clothes? 26Look at the birds of the air; they do not sow or reap or store away in barns, and yet your heavenly Father feeds them. Are you not much more valuable than they? 27Who of you by worrying can add a single hour to his life?
28"And why do you worry about clothes? See how the lilies of the field grow. They do not labor or spin. 29Yet I tell you that not even Solomon in all his splendor was dressed like one of these. 30If that is how God clothes the grass of the field, which is here today and tomorrow is thrown into the fire, will he not much more clothe you, O you of little faith? 31So do not worry, saying, 'What shall we eat?' or 'What shall we drink?' or 'What shall we wear?' 32For the pagans run after all these things, and your heavenly Father knows that you need them. 33But seek first his kingdom and his righteousness, and all these things will be given to you as well. 34Therefore do not worry about tomorrow, for tomorrow will worry about itself. Each day has enough trouble of its own.
- Mathew 6:25-34
Being a full-time wife, mother and homemaker, I am often reminded how dangerous that can be an how important it is to have financial independence (whatever that means!!!).
I used to worry about that too but as I am learning to depend on the Lord alone, I realized that I had nothing to worry about.
Today, my only concen is to learn more about the Word of God and be obedient. I strive to be a godly woman, a godly wife and to raise a godly daughter. I no longer worry about the future, for Iknow that as I «seek first his kingdom and his righteousness, all these things will be given to me as well».
25«Por isso vos digo: Não vos inquieteis quanto à vossa vida, com o que haveis de comer ou beber, nem quanto ao vosso corpo, com o que haveis de vestir. Porventura não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestido? 26Olhai as aves do céu: não semeiam nem ceifam nem recolhem em celeiros; e o vosso Pai celeste alimenta-as. Não valeis vós mais do que elas? 27Qual de vós, por mais que se preocupe, pode acrescentar um só côvado à duração de sua vida?28Porque vos preocupais com o vestuário? Olhai como crescem os lírios do campo: não trabalham nem fiam! 29Pois Eu vos digo: Nem Salomão, em toda a sua magnificência, se vestiu como qualquer deles. 30*Ora, se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã será lançada ao fogo, como não fará muito mais por vós, homens de pouca fé?31Não vos preocupeis, dizendo: 'Que comeremos, que beberemos, ou que vestiremos?' 32Os pagãos, esses sim, afadigam-se com tais coisas; porém, o vosso Pai celeste bem sabe que tendes necessidade de tudo isso. 33Procurai primeiro o Reino de Deus e a sua justiça, e tudo o mais se vos dará por acréscimo. 34Não vos preocupeis, portanto, com o dia de amanhã, pois o dia de amanhã já terá as suas preocupações. Basta a cada dia o seu problema.» - Mateus 6:25-34
Como esposa, mãe e dona de casa a tempo inteiro, lembram-me muitas vezes como isso pode ser perigoso e como é importante termos independência financeira (o que quer que isso seja!!!).
Houve um tempo em que eu também me preocupava com isso mas tenho aprendido a confiar apenas em Deus e percebi que não há razão para eu me preocupar.
Hoje em dia, a minha única preocupação é conhecer melhor a Palavra de Deus, ser obediente e esforçar-me por ser uma mulher de Deus, uma esposa de Deus e por criar uma filha de Deus.
Já não me preocupo com o futuro pois sei que «procurando primeiro o Reino de Deus e a Sua justiça, todas as outras coisas me serão acrescentadas»

Sunday, September 14, 2008

Amor

Words to Live By: Love by Debbie DeWitt
Words to Live By: Love


Hoje fomos muito abençoados (somos sempre) com a pregação do Pastor Rubinho. Vou tentar resumir aquilo que ele falou (Rubinho, desculpe as falhas!!! Se não gostar, intervenha!).
O tema foi o amor, amor esse que tem arrefecido até dentro da própria Igreja. Mas só a Palavra de Deus nos leva à consciência e à prática do Evangelho.
«Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, sou como um bronze que soa ou um címbalo que retine. Ainda que eu tenha o dom da profecia e conheça todos os mistérios e toda a ciência, ainda que eu tenha tão grande fé que transporte montanhas, se não tiver amor, nada sou. Ainda que eu distribua todos os meus bens e entregue o meu corpo para ser queimado, se não tiver amor, de nada me aproveita. O amor é paciente, o amor é prestável, não é invejoso, não é arrogante nem orgulhoso, nada faz de inconveniente, não procura o seu próprio interesse, não se irrita nem guarda ressentimento. Não se alegra com a injustiça, mas rejubila com a verdade. Tudo desculpa, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O amor jamais passará. As profecias terão o seu fim, o dom das línguas terminará e a ciência vai ser inútil. Pois o nosso conhecimento é imperfeito e também imperfeita é a nossa profecia. Mas, quando vier o que é perfeito, o que é imperfeito desaparecerá. Quando eu era criança, falava como criança, pensava como criança, raciocinava como criança. Mas, quando me tornei homem, deixei o que era próprio de criança. Agora, vemos como num espelho, de maneira confusa; depois, veremos face a face. Agora, conheço de modo imperfeito; depois, conhecerei como sou conhecido. Agora permanecem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor; mas a maior de todas é o amor.» 1Coríntios 13
O amor é o maior de todos os mandamentos. Mas aquilo que era para se viver transformou-se em mero sentimento.
Antes de Jesus, eu amava quem me amava, odiava quem me odiava. Mas Jesus desmonta este paradigma: «Dou-vos um novo mandamento: que vos ameis uns aos outros; que vos ameis uns aos outros assim como Eu vos amei. Por isto é que todos conhecerão que sois meus discípulos: se vos amardes uns aos outros.» João 13:34,35
O ódio ao inimigo é instinto natural e terreno. Às vezes a Igreja preocupa-se demasiado com o misticismo e esquece-se do mais prático: o AMOR. «De facto: Não cometerás adultério, não matarás, não furtarás, não cobiçarás, bem como qualquer outro mandamento, estão resumidos numa só frase: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. O amor não faz mal ao próximo. Assim, é no amor que está o pleno cumprimento da lei.» Romanos 13:9,10
Mas o que vem a ser Amor?
«Amarás ao Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma, com todas as tuas forças e com todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.» Lucas 10:27
Amar a Deus significa amarmos as pessoas - «Se alguém disser: «Eu amo a Deus», mas tiver ódio ao seu irmão, esse é um mentiroso; pois aquele que não ama o seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.» 1João 4:20
Não podemos amar as pessoas se não nos amarmos a nós mesmos!
Amar-se a si mesmo...
1 - Não é comodismo. Deus não é comodista. Deus ama o pecador mas odeia o pecado, o conformismo, a mesmice, a pasmaceira, a indolência!
«Não vos acomodeis a este mundo. Pelo contrário, deixai-vos transformar, adquirindo uma nova mentalidade, para poderdes discernir qual é a vontade de Deus: o que é bom, o que lhe é agradável, o que é perfeito.»Romanos 12:2
«Aos que amo, eu os repreendo e castigo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te.» Porque Deus faz isto? Porque quer que nós cresçamos.
2 - Não é egocentrismo. Aquele que pensa que amar a si mesmo é buscar tudo para si em detrimento dos outros, ainda não conhece Deus de facto.
Sozinhos podemos ir mais rápido mas juntos vamos mais longe.
3 - Não é auto-comiseração. A auto-comiseraçõ é orgulho disfarçado. É fruto de um coração duro. Amar a nós mesmos não é termos pena de nós mesmos. Esta é somente outra forma de justificarmos os nossos erros.
Porque razão amamos a pessoa que dizemos amar?
Amar é buscarmos o melhor, o benefício, o bem-estar, a satisfação do outro.
Há duas espécies de crentes: aqueles que correm atrás da benção e aqueles que sabem que já foram abençoados.
O amor não é uma sugestão de Deus. É uma ordem. Não é um sentimento. É uma atitude, um modo de vida. É fruto da presença de Deus na nossa vida.
O segredo para amar: obedecer a Deus, sujeitarmos o nosso coração à vontade de Deus. Depois o sentimento vem.
Os sentimentos precisam de motivo mas o amor não.
Jesus foi o nosso maior exemplo de amor:
1 - Humildade (humildade não é passividade)
2 - Renúncia (sofrer o dano, para abençoar).
Amar a Deus significa:
- Obedecer
- Ser fiel
- Confiar Nele
O resumo de tudo?
Para amar, basta vontade!

Cheiros

Smell
Smell


Este fim-de-semana, a dada altura, veio à minha memória o cheiro do Brasil, mais especificamente de Minas Gerais, onde passei mais tempo quando fui ao Brasil faz precisamente agora quatro anos. E senti uma enorme saudade. Deus fez-nos com tal perfeição que até guardamos nas nossas memórias os cheiros dos lugares, das pessoas, das coisas. E a memória desses cheiros leva-nos a recordar momentos que já vivemos, mesmo que eles estejam já bem distantes. Este cheiro do Brasil, como também o de Inglaterra, são cheiros que nunca esqueci e que me trazem uma saudade muito grande desses lugares. Lugares onde fui muito feliz, como diria o nosso amigo Malato. Mas no Brasil senti dois cheiros diferentes e aconteceu algo muito curioso. Eu nasci em África mas praticamente não tenho memórias. No entanto, quando cheguei a Maceió, ao descer do avião, senti um cheiro completamente diferente daquele que tinha sentido em Minas Gerais e disse: «Parece que estou na minha terra». E emocionei-me. Achei tão engraçado porque eu não tinha ideia nenhuma de qual seria o cheiro da minha terra. Mas quando contei isto a algumas pessoas que estiveram em África e no nordeste brasileiro, disseram-me que os cheiros são parecidos. E vocês, amigos, que experiências me podem contar a respeito de cheiros? Dos bons, claro!!!

Saturday, September 13, 2008

Mamma Mia


Ontem o meu maninho e cunhada vieram buscar-nos para almoçar fora e depois fomos ver Mamma Mia. Adorei o filme. Divertidíssimo, com paisagens maravilhosas, dois actores por quem sou apaixonada, Meryl Streep e Pierce Brosnan, e as músicas dos Abba, de que eu tanto gosto. Foi uma tarde muito bem passada.

Wednesday, September 10, 2008

Uma pequena reflexão

Welcome to Sunday School
Welcome to Sunday School


Tenho o hábito de reflectir sobre tudo e mais alguma coisa. Não sei se é um bom ou mau hábito. Por vezes é bom mas noutras alturas, acho que devia pensar menos e agir mais.
Ontem, conversando com uma amiga, ela falava-me da importância de obrigarmos os nossos filhos a fazer coisas que eles não gostam ou não querem fazer.
Concordo com ela até certo ponto. Há realmente coisas em que temos de ser rígidos e temos de obrigar as crianças a fazer, quer elas queiram, quer não. Mas há outras que não. Verdades absolutas, só as da Bíblia. As nossas são sempre relativas. E o mundo dos adultos está cheio de exemplos (e eu sou um deles) de pessoas que foram obrigadas a fazer determinadas coisas (porque era assim que tinha de ser), não advindo daí qualquer vantagem ou crescimento.
Mas falávamos especificamente da Escola Dominical. Já aqui falei uma vez sobre este assunto. Inicialmente, a minha filha não queria ir e eu não obrigava pois tinha a teoria de que as crianças devem estar ao pé dos pais no culto, para aprenderem a participar no culto e para viverem este momento tão importante junto da família. Continuo a ter esta teoria mas reconheço que a Escola Dominical tem feito muito bem à minha filha e por isso a obrigo agora a ir, mesmo quando a vontade dela não é muita.
As vantagens de a minha filha frequentar a ED são realmente muitas mas durante estas férias descobri uma desvantagem. A Catarina, quando ia à igreja comigo, ficava sentada ao meu lado e não perturbava ninguém. Participava no louvor e, durante a pregação, ficava sossegada, embora por vezes fazendo desenhos num caderno. Estas férias teve de estar connosco no culto pois as actividades da ED estiveram encerradas. E raramente permaneceu sossegada ao nosso lado. Passou a maior parte do tempo a brincar com os outros meninos à porta da igreja.
Hoje começam os cultos de 4ª feira na nossa igreja e eu vou organizar-me para ir sempre, para que assim a Catarina possa ter um equilíbrio entre ED e culto.

Grupo de crescimento

Family Reunion, 1867 by Frederic Bazille
Family Reunion, 1867


Ontem recomeçámos as nossas reuniões do grupo de crescimento, após um mês de interrupção e de férias para alguns. Já estava a sentir (e todos manifestaram o mesmo sentimento) a falta destas reuniões semanais que têm sido muito importantes na minha vida.
Ouvimos relatos das férias de alguns de nós, vimos fotos, divertimo-nos e depois o nosso Pastor Tito falou da importância de nos esvaziarmos, tal como Cristo fez (Filipenses 2:5-11). Não é nada fácil, e nós muitas vezes não queremos, ter «o mesmo sentimento que houve também em Cristo Jesus». Mas a Bíblia diz que a vontade de Deus exaltará aqueles que forem genuinamente humildes.

Tuesday, September 09, 2008

Some of my favourite books / Alguns dos meus livros preferidos


I've always been an avid reader though I had slowed down a bit these last years due to too much work, but also to too much TV. Today I want to share with you some of my favourite books:
Sempre gostei muito de ler embora nos últimos anos tenha abrandado o ritmo de leitura devido ao muito trabalho e também a demasiada televisão. Hoje quero partilhar convosco alguns dos meus livros preferidos:
- THE HOLY BIBLE / A BÍBLIA SAGRADA (My favourite one since I got saved. It is just wonderful to read it every day and to know more about God. / É o meu livro preferido desde que sou salva. É maravilhoso ler a Bíblia diariamente e conhecer mais de Deus)
And: / E:
There were many other books that were important to me in other stages of my life. But presently, these are the books that are more meaningful to me. I have a list of books that I would like to read but as I can't find them in Portugal and will have to order them via Internet, I'll have to wait and save money for that.
Muitos outros livros foram importantes para mim em diferentes fases da minha vida. Mas actualmente, estes são os livros que mais significado têm para mim. Tenho uma lista de livros que gostaria de ler mas como não é possível encontrá-los em Portugal, tenho de guardar dinheiro para mais tarde os poder encomendar pela Internet.

Aos que me lêem em Português

Muitos de vós poderão estranhar algum do conteúdo do meu blogue mas ele é um reflexo daquilo que eu sou hoje, e daquilo em que acredito. E gosto de partilhar as minhas convicções (e alguns aspectos da minha vida) com os amigos. Sei que é muito mais fácil encontrar pessoas que se identifiquem comigo fora do meu país ( e por isso escrevo também em inglês, para essas pessoas) mas amo a todos de igual forma e respeito profundamente aqueles que não partilham das minhas convicções. Por isso, mesmo não concordando comigo, nunca se sintam excluídos. A Bíblia diz que não nos devemos comparar uns aos outros, pois cada um de nós é único. E o amor e os bons relacionamentos são mais importantes do que a observância de determinadas regras.
Mas agora gostaria de partilhar convosco um pouco da minha visão da vida, apenas para que me possam conhecer melhor e não necessariamente para que concordem comigo.
Como já devem ter percebido, e embora não seja comum nos dias de hoje, eu não sou feminista. Isto pode assustar algumas pessoas mas eu penso que existe uma confusão entre feminismo e direitos das mulheres. Isto porque associamos o feminismo à defesa dos direitos das mulheres, sendo que o oposto seria oprimir e diminuir as mulheres.
Mas quais são então os direitos das mulheres? Como alguém escreveu um dia (e eu concordo), poderíamos falar em protecção física e segurança, protecção emocional, valorização (a mulher deve ser valorizada por ser um ser humano único, criado à imagem de Deus) e repeito. Se tanto homem como mulher cumprirem os seus papéis, tal como a Bíblia os refere, estes direitos são respeitados.
Quarenta anos depois do início do movimento feminista moderno dos anos 60, o que temos?
- sexo sem restrições
- pílula
- aborto a pedido
- um grande aumento de mães solteiras, mães adolescentes e mulheres com problemas de infertilidade
- uma geração sem a figura do pai
- troça-se da castidade e da virgindade
- as mulheres são objectos sexuais
- aumento dos divórcios
- deterioração dos valores da família
- a maternidade é apenas mais uma opção na vida das mulheres
- ser «ajudadora» do marido é considerado escravidão.
Será que os direitos das mulheres melhoraram? Eu não afirmo que os tempos anteriores ao feminismo eram um mar de rosas mas não concordo que se diga que o feminismo é uma espécie de varinha mágica que libertou as mulheres da opressão e da escravatura.
Eu nasci na era do feminismo, sou filha e neta de mulheres que trabalharam fora de casa, cresci no meio de divórcios e cresci a ouvir dizer a muita gente que os homens não prestam, que são todos iguais, que não podemos confiar neles e que por isso temos de construir a nossa própria vida, trabalhar, ser independentes e modernas. Mas apesar de tudo isto, já na adolescência eu me imaginava como futura esposa, mãe e dona de casa. Mas tentei acreditar que tinha de ser independente, ter uma carreira, ganhar dinheiro e depois, eventualmente, casar e ter um ou dois filhos, mas sem nunca perder a dita independência, pois os homens não prestam e temos de nos precaver.
Muito devido a tudo isto, embora assuma também a minha responsabilidade, andei muito perdida e dei muitos tombos. Mas Deus, na Sua infinita bondade e misericórdia, sempre me protegeu. E, gradualmente, foi-me direccionando para o meu papel de esposa e mãe como única «carreira» ou «profissão» na minha vida. E sinto-me muito feliz e abençoada por desempenhar esta missão que Deus me deu. Já houve alturas em que senti necessidade de me justificar. Hoje já não sinto essa necessidade pois estou segura da missão que Deus me confiou: cuidar do meu marido e filha, cuidar do nosso lar e estar disponível para aqueles que precisam de mim. E sempre, sempre, crescendo no conhecimento e no amor a Deus e aos outros, e esforçando-me para deixar uma herança positiva à minha filha (ou filhos - gostava que Deus nos abençoasse com mais filhos mas que seja sempre feita a Sua vontade e não a nossa). Tenho ainda muito para aprender e um longo caminho para percorrer mas PROSSIGO PARA O ALVO.

Monday, September 08, 2008

Deus capacita os escolhidos

Ontem o nosso Pastor Tito recebeu uma t-shirt que dizia: «Deus não escolhe os capacitados mas capacita os escolhidos». Pelo que sei, a frase não é nova mas é tão verdadeira. E para mim, encaixa que nem uma luva pois eu estou sempre à espera que Deus me capacite antes de deixa que Ele me escolha para fazer alguma coisa e me capacite depois. Mas estou a aprender. Prossigo para o alvo.

Photos of my Princess's Birthday